Arquivo da tag: Som

Greyboy | The Greyboy Allstars

Greyboy foi um cara “descoberto” por um dos integrantes aqui do blog, em uma conversa e outra trocando sons do mesmo naipe! Instantaneamente virou um vício, e assim mesmo, de um jeito rápido!

Tem gente que não gosta (assim como pra qualquer outra coisa na vida), mas ultimamente estamos ouvindo tanto esse tipo de música, descobrindo a linguagem do som mesmo, do detalhe e da batida, pra ouvir na hora certa (que dependendo de cada um pode ser pra tomar uma breja, dirigindo de madrugada, pra relaxar, pra deixar rolando em uma festa com o pessoal conversando e fumando um cigarro ou outro, enfim…)

Greyboy

Greyboy é um DJ da Califa e seu estilo é acid jazz, hip hop, soul, funk, experimental e grooves daqueles que você nem imagina que existiam, tudo traduzido da melhor maneira possível! Pode ouvir porque é só pedrada!

Ruffneck Jazz

Who’s Gonna Be The Junkie?

Singles Party

Daí como se não bastasse, ele é co-fundador e homônimo do The Greyboy Allstars, formada quando cada um dos membros foram convidados por Greyboy para tocar em uma festa em um clube famoso por mandar só funk, daí como gostavam de tocar juntos e principalmente se divertiam com isso, decidiram continuar como uma banda. Trabalham mais o acid e soul jazz, hoje cada integrante tem seu projeto solo ou trabalha com outros artistas, e Greyboy não faz mais parte da banda mas ela mantêm firme seu nome e sabe como é… de vez em quando ele dá uma beliscada e mandam um som juntos.

The Greyboy Allstars

Se liga! Destaque pro clipe da música Still Waiting!

Still Waiting

Soul Dream

Tenor Man

CHILL OUT!

Postado por Fábio (Grilo)

 

 

 


Como gelar sua cerveja mais rápido!

Nesses dias de calor, com sensação térmica from hell, você louco pra sair do trabalho, chegar em casa e tomar aquela gelada! Ou independente se estiver calor, se você quiser ouvir um som, assistir algum jogo, trocar uma ideia… sabe aquele primeiro gole de secar o copo? Aquela laceada pra mais breja que virá? Aquela que você toma e diz: PUTA QUE PARIU, QUE DELÍCIA!

Pois bem, isso se você é um cara prevenido e já deixou algumas gelando em casa… certo? CEEEEEEERRTO! Você bate o olho (eles brilham), a cerveja olha pra você e BANG! Você merece!!! Trabalhou pra caralho, missão cumprida por hoje, ou meu time vai ganhar nessa porra olê olê olá!

Mas e a frustração de lembrar que você NÃO TEM breja gelada? (fuck!) A vontade é um bagulho triste! Ou ainda naquele churrasco, a necessidade de gelar ela depressa, mais breja chegando, tudo quente (isso quando não tem gente trazendo cerveja ruim quente, e tomando as boas geladas… dispensa comentários.)

Aqui temos algumas maneiras de gelar a sua breja mais rápido! Se você pesquisar, todas prometem fazer isso em tempos estipulados (de 1 à 15 ou 20 minutos…), mas desencana porque isso depende de muita coisa! Então paciência que ela vai gelar mais depressa do que se estivesse no freezer e já era!

PRIMEIRO: Com gelo, álcool e sal (ou só sal, ou só álcool)

Forre o fundo com gelo, disponha a cerveja e mais gelo pra cima! Alguns misturam separadamente tipo meio quilo de sal com meia jarra de água (mistura concentrada) e jogam por cima, depois mais ou menos a mesma quantidade de álcool; mas se você jogar tudo lá em cima do gelo dá certo também! Nota: Sal grosso é melhor!

Por que?

O ponto de congelamento da água é muito próximo a 0°C, quando você adiciona sal ou álcool na água esta se torna uma solução e esta temperatura reduz, podendo baixar para algo em torno de -8 à -10°C (isto devido às propriedades desta solução). Já se perguntou porque a vodka não congela? O freezer não atinge a temperatura mínima necessária! Ou já pensou no combustível usado em carros em países que nevam, se o tanque congelar? Pra isso são usados aditivos que reduzem a temperatura necessária para o congelamento, o princípio é o mesmo!

SEGUNDO: Com extintor de incêndio de CO²

Aponte e aperte o gatilho! CO², dióxido de carbono (nome popular: gelo seco), solidificado ao ser resfriado a uma temperatura inferior a -78°C. É um gás mais denso que o ar, pressurizado em estado líquido, ao ser utilizado é expelido em forma de gás. O bagulho é gelado! Só presta atenção quando for utilizar, você pode facilmente congelar a cerveja (como no vídeo abaixo), e tenho certeza que você não quer isso…

Vai lá, espertão!

Por que?

O gás ao ser expelido sofre um aumento rápido de volume, de modo a não trocar calor com o ambiente, tendo consequentemente uma diminuição de temperatura. Nota: É extintor de CO², e não de pó químico, quer morrer?

TERCEIRO: Com nitrogênio líquido

Coloque as cervejas em um recipiente e despeje o nitrogênio líquido! Acabou!

Por que?

Essa parada tem a temperatura de -196°C, quando em contato com outra superfície ele inicia uma troca de calor, “roubando” e consequentemente diminuindo a temperatura de outro corpo. Só que, se com CO² você já poderia congelar facilmente a cerveja, neste então… é 1 minuto e tira logo! Nota: Não toque o nitrogênio, você pode sofrer graves queimaduras (é gelo mas queima!)

QUARTO: Com papel toalha molhado

Enrole a cerveja no papel toalha, molhe e coloque-as no freezer.

Por que?

O papel por ser fino e estar molhado, congela facilmente! Oferecendo uma ótima superfície de contato com a cerveja, gelando mais depressa! Simples né?

É isso, agora pode gelar sua breja, descansar depois de um dia longo de trabalho, ouvir aquele som ou assistir aquele jogo! Ou contar isso pros amigos no próximo churrasco!

Postado por Fábio (Grilo)


Public Enemy + Beastie Boys + Anthrax

O que acontece sonoramente se você pegar o Public Enemy, convidar o Beastie Boys e o Anthrax e fazer um som juntos? O resultado só pode ser algo extremamente foda, que você pode conferir nesse vídeo. Old but gold! Essa apresentação aconteceu em 2004 no evento anual Hip Hop Honors, que homenageia grandes nomes do hip hop. Curte ae e aumenta o som!

 

Postado por Bruno Fortunato (Brunold)