Arquivo da tag: Marketing de Guerrilha

Carlos Adão, o mito!

Qual o intuito da pixação? Qual a diferença entre ela e a intervenção urbana (vulgo street  art)? Ter a moral na quebrada e ser respeitado? Demarcar território? Eu, particularmente, gosto de tudo que tem a ver com a rua, e considero tudo como arte! E eu DUVIDO se você nunca viu um “marketing” desse cara, do senhor Carlos Alberto Adão!

Simpatia!

Economista de 59 anos de idade, aposentado, divorciado, pai de 5 filhos, dono de uma microempresa de motopeças, há 20 anos deixando suas famosas marcas por várias cidades (106.423 vezes em 115 cidades de 5 estados diferentes, contabilizados em outubro de 2010, considere mais!!!) desde que começou esse hobby.

“Eu sou igual a matador de aluguel, que conta os assassinatos fazendo marquinha no cabo da arma. Não perco a conta de jeito nenhum”, explica.

O motivo? Ele simplesmente escrevia seu nome em seus tênis desde a época de colégio, achava pouco e decidiu sair por aí! Afirma que Carlos Adão não é ele, e sim uma marca (é arte, marketing de guerrilha!)

Frases interessantes em suas artes, tais como:

  • Amo Carlos Adão (variável: Amo)
  • Carlos Adão é Sexo (variável: Sexy)
  • Carlos Adão é Tudo de Bom
  • Carlos Adão Sou Eu
  • Carlos Adão É Amor
  • Carlos Adão É Prazer
  • Oh! Carlos Adão (variável Ah!)
  • Mito Carlos Adão
  • Carlos Adão Gostoso
  • Viver Carlos Adão
  • Carlos Adão Seleção de 70 foi 10 (alusão ao seu numero 7010, para dep. federal)
  • Carlos é Adão
  • Carlos Adão Salva
  • Olhar Carlos Adão dá Prazer
  • Dance Carlos Adão

Como todo mito tem suas histórias, seguem algumas (das quais podem ou não ser reais):

  • Ele viaja em seu Santana sujo de tinta e cheio de propagandas, em algumas ocasiões usando terno, cueca e camiseta com o logo “Carlos Adão” pintados, ainda distribuindo para amigos e conhecidos itens personalizados como camisetas, mochilas, calcinhas, adesivos, cartões e até CD’s com músicas repetindo seu nome exaustivamente. (eu queria MUITO um kit desse, fácil!)
  • Costuma percorrer determinada quilometragem pintando apenas os quadrados pretos de onde preencherá seu nome, e retorna apenas pintando seu nome e/ou frases de verde.
  • O status de mito é tão grande, que dizem que após passar por uma desilusão amorosa pela mulher que mais amou, decidiu pintar seu nome por todos os lugares para sua ex mulher não esquecê-lo. (se a mulher esqueceu, nós não esquecemos hahahha)

Video dele em ação, falando sobre sua arte, sua campanha para Deputado Federal em 2006, suas músicas e ideias para o cd (ápice!)

 

Entrevista com Carlos Adão:

 

Sigam ele no facebook: https://www.facebook.com/adao.carlosadao

Postado por Fábio (Grilo)

Anúncios